Minha lista de blogs

quinta-feira, março 01, 2018

Serviço de Saúde e Clarice






Clarice é a nossa serviçal.
Faz tempo que trabalha de 2ª às 6ª feira, aqui em casa.
Como mora do outro lado da cidade chega muito tarde ao serviço.
E assina o ponto na hora que chega, ou seja, bem tarde da amanhã.
Tem coisas nela que simplesmente detesto.
Por exemplo, ela é desaforada quando vou reclamar de alguma coisa errada que esteja fazendo.
Muito desaforada. E quando isso acontece mando ela trocar de roupa e ir embora.
É um santo remédio. Ela se acalma e para de responder, grosseiramente.
Ela deve gostar daqui e deve detestar a casa que mora junto com a filha.
E não é fácil você querer ajuda-la, orienta-la. Geralmente, ela não entende.
Ela é o que mamãe chamava de "detraquê".
Mas ontem tive muita pena dela.
Quando saiu, depois de preparar nosso almoço para hoje, avisou que se não viesse, hoje, era porque tinha conseguido marcar consulta no Serviço de Saúde.
Que ia para a fila as 23h, de ontem, para vê se conseguia um atendimento.

É cruel, muito cruel.
A pessoa precisar dormir numa fila, passar a madrugada na rua, exposta a todo tipo de violência para conseguir ser atendida no dia seguinte!
Daí lembre que quando inventaram o tal do SUS(Sistema Único de Saúde) tive certeza de que não funcionaria. Não funciona.
E lembrei que tenho colegas que são verdadeiros animais de 2 pernas.
Faltam ao serviço e não cumprem horário, com frequência.
Fui uma Diretora de Hospital e uma Chefe de Clínica implacável com colegas irresponsáveis.
E sou uma Clínica terrivelmente chata com indisciplina.
Chegar atrasada ou faltar ao trabalho não faz parte de minha vida.

São quase 10 h da manhã.
Não sei se Clarice conseguiu uma das 8 vagas.
8 vagas? Eu atendo 16, diariamente.
Liliane












17 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

Liliane infelizmente por aqui também vai acontecendo em alguns Centro de Saúde!
Felizmente no Porto ... o Centro de Saúde da minha zona funciona na perfeição e aqui em Coimbra uso o particular!
...
Eu só tive empregada quando os meus filhos eram pequenos e atualmente peço ajuda nas limpezas mais complicadas!!!
bj

Os olhares da Gracinha! disse...

Liliane infelizmente por aqui também vai acontecendo em alguns Centro de Saúde!
Felizmente no Porto ... o Centro de Saúde da minha zona funciona na perfeição e aqui em Coimbra uso o particular!
...
Eu só tive empregada quando os meus filhos eram pequenos e atualmente peço ajuda nas limpezas mais complicadas!!!
bj

Pedrita disse...

eu acho que cada um quer levar a vida como acha melhor e nem sempre é a forma q achamos mais adequada. cada um é criado de um jeito, de uma geração e cada um encara o mundo de uma forma. eu antes me incomodava mais como as pessoas queriam levar a vida delas, mesmo que batendo sistematicamente a cabeça. depois entendi q o q acho melhor pra mim pode não ser melhor para o outro. que o conceito de felicidade é diferente pra cada um. e a vida é muito curta pra eu querer q cada um viva como eu acho melhor. a diarista aqui está com uma dificuldade monumental em marcar consulta pra filha em uma ubs. fiquei um tempão no tel pq o aplicativo não funcionava. 3 atendentes não sabiam do q eu falava. uma disse q só na ubs. a diarista foi na ubs e disseram q não era lá. um jogo de empurra. o brasil ainda acha que ubs, posto de saúde, são serviços gratuitos de boa vontade. não são não. a população, todos nós, pagamos muito imposto e muito caro para esse serviço ser bom e eficiente. não é um benefício, nem um ato de bondade. é um serviço caríssimo regiamente pago pela população. não podia tratar as pessoas dessa forma. sempre falo pra atendentes q esse serviço não é de graça, foi pago já com impostos. pq os políticos fazem questão de dar a entender que é caridade, não é não.

Maria Alice disse...

Liliane gosto quando vc escreve dando noticias da Clarice. Lembro de todas as histórias delas postadas aqui. Das fotos de peruca, da gravidez, das receitas mal entendidas, do nome verdadeiro enfim, a Clarice tem sempre uma participação aqui. Gosto da Carice

Mona Lisa disse...

Por aqui a Serviço Nacional de Saúde também não funciona bem. Há falta de médicos.
Em alguns centros, conseguir uma consulta também precisam ir, de madrugada, para a fila.

Beijinhos.

✿ chica disse...

Uma pena a situação da saúde aqui no Brasil!!Pena!😘

Hugo disse...

O SUS é uma das maiores vergonhas deste país, assim como praticamente tudo o que o governo coloca a mão não funciona.

A falta de humanidade no atendimento a saúde, incluindo alguns planos particulares, mostra como somos uma país de terceiro mundo.

Vivemos numa verdadeira selva.


Isabel disse...

Aqui na minha cidade não se espera muito por uma consulta de clínica geral. Para especialidades, já a coisa é muito mais complicada!

Gostei da Clarisse, é uma mulher linda. E chega tarde, mas se mora na outra ponta da cidade, se calhar não tem transporte para chegar mais cedo...já a refilice é imperdoável! Não sei se admitiria!

Bom fim-de-semana:)

Gil António disse...

Olá. Ou seja: O Serviço Nacional de Saúde é péssima em todo o lado. Difícil mudar egos e situações.
.
* Soneto escrito no escuro ... em versos de luz sombria *
.
Deixo um abraço amigo

Lete disse...

Lili, aqui não me posso queixar. Tenho sempre consulta de urgência no próprio dia e espero, no máximo meia hora. Para consultas de especialidade, se for no privado, também consigo de uma semana para a outra, ou nem tanto. Acho que no geral não nos podemos queixar muito, embora haja zonas onde o atendimento é demorado... ainda não percebi porquê, talvez devido à falta de médicos.
A Clarice tem um ar meigo, nem parece resmungona. :(
Não gosto de refilice, acho que devemos tratar os outros como gostamos de ser tratados: com delicadeza e respeito. :)

alfacinha disse...

Felizmente ,aqui ,essas situações desumanas não existem
Abraços

O meu pensamento viaja disse...

Liliane o sistema de saúde é um grande problema e não só aí no Brasil. Embora eu nunca tenha tido razão de queixa, no interior do meu pais há sérios problemas com falta de médicos e o mesmo acontece na Europa - conheço muito bema Inglaterra e lá o problema é também muito grave.
Simpatizo muito com Clarice. Acho que é uma boa pessoa, apesar de resmungar quando não devia.
Beijinhos

Montana disse...

Aqui também temos graves problemas de saúde, embora eu pessoalmente nõ me possa queixar.
Tenho um bom médico de família.
A Clarisse sempre conseguiu consulta?
Bjs.

Luli Ap disse...

Oieeeee Liliane
Nossa aqui o SUS é praticamente inexistente :/ e os hospitais escolas estão atendendo só emergência
As UBS são de dar dó (ou raiva) e tem até sigla que não sei o que significa, mas tb não funciona e tem as portas fechadas.
Sem falar no jogo do empurra e nos pacientes que são tratados em macas nos corredores.
Ahhhhh e tem tb as informações desencontradas como no caso das vacinas contra febre amarela.
Tudo um caos!
Triste demais e sem falar que pagamos altos impostos que são desviados.

Parabéns pela sua disciplina e generosidade em atender!
Porque é necessário dom, coragem e generosidade em clinicar no país.
Na torcida para a Clarice ter conseguido uma consulta :)
Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Nal Pontes disse...

Triste realidade. Eu nem quero entrar em detalhe sobre esse assunto. Pra não ter raiva.
A situação de médico do SUS é precária. Mas vamos adiante.
Clarice que deve ser uma boa serviçal mas um temperamento forte a sorte é que ela tem vc e pelo visto Vc e tem muita paciência. Parabéns a vc pela profissional que é e ser sempre pontual. Abçs amiga. Gosto de vc e do seu jeito

Patricia Merella disse...

Liliane,ter uma empregada doméstica de Segunda a Sexta-feira é um luxo cá na Europa. Custaria cá na Bélgica 100 euros por dia. Cá se usa os titre service. Empresas de limpeza. Eu nunca chamei uma empregada,ando à pensar em chamar uma para as grandes limpezas como janelas,tetos,lustres...Cá todo mundo se ajuda entre família. O meu João poe exemplo,limpa o pó do seu quarto e aspira o chão nos Domingo. Eu passo e lavo as roupas no Domingo. A poeira limpo 3 vezes por semana anrrs de ir para o trabalho as 6hs da manhã. A noite depois do jantar,deixo sempre a cozinha limpa. E ainda a noite 3 vezes por semana aspiro a casa e se preciso passo pano no chão. É uma questão de organização. Cá n existe SUS. Temos médica de família.Se não estamos bem ou ligamos a nossa médica ou vamos no seu consultório e conseguimos consulta sempre para o mesmo dia. Se precisar de um exame que ela n faça,ligamos no hospital e é nos hospitais que fazemos estes exames como radiografia,endoscopia... Cá na Bélgica temos um seguro de saúde privado se chama Mutuelle e é obrigado todo Belga e residente legal ter. Eu pago 25 euros por 3 meses. A consulta médica cá custa 25 euros e a Mutuelle nos reembolsa 19. Então a consulta fica por 5 euros. Quando fazemos exames no hospital,a fatura vem depois para casa e já vem com o papel para reembolso da Mutuelle. A Clarice é mas uma deste povo tão sofrido deste nosso Brasil à fora.Tenho tanta pena dela. Que ela n tenha nada de grave e que tenha saúde para criar a filha! Beijinhos

Ana Freire disse...

Por aqui, em alguns Postos de Saúde, em algumas regiões do país, por vezes, também tem de se ir para a fila de madrugada, para se conseguir ser atendido... Felizmente, não é o caso da zona onde moro... onde até tenho um posto de atendimento bem próximo de casa, e médico de família...
Clarice, tem um ar de pessoa sofrida, para quem a vida, não se deve ter mostrado muito fácil, nem cheia de grandes oportunidades... e atravessar a cidade em transporte público... deve levar o seu tempo, se os horários entre os vários transportes não combinarem...
Espero que Clarice não tenha nenhum problema sério!
Beijinhos
Ana